FAQs

O que são modelos de organizações internacionais?

Os modelos de organizações internacionais são exercícios acadêmicos cujo objetivo é proporcionar aos estudantes, sejam eles do ensino médio ou universitários, a realidade e o dia-a-dia dessas organizações. Durante os dias de realização do MIRIN, os participantes debatem temas importantes da agenda internacional, simulando negociações e processos decisórios dessas organizações.

Apenas estudantes devidamente matriculados em instituições de Ensino Médio podem participar do MIRIN.

Para formar uma delegação é necessário que alunos do ensino médio formem um grupo interessado em representar um determinado país e defender sua política externa. Após a escolha do país, cada estudante da delegação deverá participar de um comitê de acordo com as preferências pessoais. (Ver: Inscrições – Como Fazer).

Não, os estudantes podem formar uma delegação sendo de escolas ou séries diferentes, contudo é necessário que haja a presença de um professor de uma das escolas que formam a delegação.

Para a maioria dos comitês, cada delegação terá dois delegados (dupla) em cada comitê que tenha representação. Exceções ao caso são: OMC e OMS, que serão simulados individualmente.

Para saber quais países têm representações nos comitês a serem simulados, veja a Lista de Países

O número de alunos por delegação depende do tamanho de sua representação nos comitês do XIV MIRIN, podendo, nessa edição, variar entre 1 e 12 delegados. Para informações mais específicas, veja a Lista de Países

O papel do professor orientador é de auxiliar os alunos na preparação para o MIRIN, bem como na supervisão dos mesmos durante os dias do evento. Para mais informações clique aqui.

O chefe de delegação atua no MIRIN como o elo entre os alunos de sua delegação e a organização do MIRIN. É através dele que dúvidas e problemas poderão ser esclarecidos e resolvidos, antes e durante o evento. Além disso, este será o responsável pela inscrição de toda a delegação.

Para uma boa preparação o aluno deve ler o guia de estudos de seu comitê que estará disponível na página do MIRIN. Após a leitura do guia é recomendável que o aluno pesquise sobre o funcionamento de seu comitê, a política externa do país que irá representar, assim como as questões que estarão sendo discutidas e levantadas no guia de estudos. Além disso, é necessário que o aluno leia com atenção as regras de procedimento do MIRIN. Para mais informações, clique aqui.